é só mais letras.

sábado, 7 de abril de 2012

Nossa noite de amor



Sexta-feira. Teus olhos no escuro procurando os meus.
Um abraço. Três palavras.
Me entreguei.
Tuas mãos deslizando, sutilmente, no meu corpo descoberto.
Teus beijos contornando minha existência.
Nos dois. Cheiro de cigarro e mofo.
Chove.
O mundo parece acabar esta noite, e eu me entrego totalmente aos teus braços.
Uma virgem e um fumante. Uma cama estreita com lençóis brancos.
Minhas mãos explorando seu corpo nu. Tua boca buscando caminhos novos.
Gemidos. Prazer. Medo.
Fecho meus olhos e ainda me lembro com perfeição como tudo começou.
Sua voz.
Um sorriso ligeiro meu.
E depois, silencio.
Meus olhos fechados novamente e um pedido: Não me deixe!
E se fez silencio.

Alinne Ferreira, em minha primeira noite de amor

Um comentário:

Se for para falar: '-Legal aqui, estou seguindo!'
Vai por mim, não precisa.

Obrigada a quem acompanha