é só mais letras.

sábado, 3 de setembro de 2011

Solidão é como uma melodia triste que se estende pela sala, cobrindo os móveis com aquela mortal saudade dos dias coloridos, das risadas que se calaram. Solidão é como um poema de despedida, um lenço caído ao chão de uma donzela apaixonada. É como poeira correndo louca pelo chão batido, que sustenta tantos pés pesados, que levam consigo corações partidos, inquietos, descompromissados e até mesmo vazios. Solidão é coisa para corajoso, viver solidão é como recitar calado um soneto sem métrica. Aos fracos deixo apenas aquela palavra incompleta, que se faz presente em pensamentos, pois correm atrás de qualquer resquício de calmaria, companheirismo, atolam-se de pessoas que não se encaixam, nem se completam. Gosto da solidão quando dividida com uma única pessoa, com a mulher dona do meu mundo, das minhas carícias, dos meus abraços, a única senhora que vejo em meus olhos, solidão a dois é mais gostosa, verdadeira, mas mesmo assim não deixa de ser solidão. Quem não se sente só, não sente.


por:  indomavel

6 comentários:

  1. Cheguei aqui através do encontro de páginas parabéns pelo blog..realmente encantador!

    Shalom

    http://nairmorbeck.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. hey, estou seguindo

    http://dezesseisamargos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Eu amei o seu blog *--*
    o template é LINDO e gostei doos seus textos, achei eles simplesmente incrível, já estou te seguindo *--* me segue também ? ♥

    http://thayshafer.blogspot.com/

    --
    Quer um lugar onde possa divulgar o seu blog ?
    então junte-se a nós em nossa comunidade de Perfis de Divulgação de Blogs ♥

    http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=114529010

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Queria esse texto não é dela. Tente ao menos ler ate o final onde ta escrito o autor.

    ResponderExcluir

Se for para falar: '-Legal aqui, estou seguindo!'
Vai por mim, não precisa.

Obrigada a quem acompanha