é só mais letras.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

E quase o ano inteiro os dias foram noites.


O problema começa quando todas as luzes se apagam, quando os teus pais estabelecem um horário pra você dormir e não se pode fazer mais nada. Eles te desconectam do único mundo em que tem acesso e as tuas conversas todas ficam pela metade, sem nenhuma despedida. E ai não sobra ninguém para continuar algum assunto. Você fica sozinho, pela primeira vez no dia, em um lugar realmente vazio.

Teu quarto fica muito escuro sem a luz da tela do computador. A única luz, que realmente representava vida. A tua vida. A vida construída entre as janelas do MSN, os blogs onde você era quem queria ser e aquelas fotografias falsas que gosta tanto.

Desconectada.

Amanha tem aula, e seus olhos ainda estão abertos. A vida por algumas horas não passa de uma guerra interna. Os olhos ardem, e tudo que quer é dormir, mas você não consegue. Nunca mais vai conseguir.
E a culpa não é sua. A culpa não é de ninguém. Algumas estradas simplesmente não tem nenhuma curva no final. 

É só linha reta.


Alinne Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se for para falar: '-Legal aqui, estou seguindo!'
Vai por mim, não precisa.

Obrigada a quem acompanha