é só mais letras.

sábado, 26 de março de 2011

Um medo inútil

Não sei por que, mas eu ainda sinto medo. Um medo inútil de te perder, e mesmo você estando tão longe de mim, eu ainda te sinto como se ainda fossemos amigos. É estranho. Eu não deveria me sentir assim. Você entregou teu coração pra outra pessoa e eu atuo como se eu ainda fosse meu. E isso me consome e me amargura.  (Alinne Ferreira)

Um comentário:

Se for para falar: '-Legal aqui, estou seguindo!'
Vai por mim, não precisa.

Obrigada a quem acompanha